JW, é o novo nome do meu sítio. Escolhi este nome porque as palavras são a minha paixão, e este blog não passa disso, apenas algumas palavras que me dão o maior prazer e satisfação escrever.

03
Mai 09

Aqui fica o meu primeiro trabalho, é um texto que fala sobre os sentimentos de uma dançarina que foi afastada do seu sonho, por uma lesão causada por este.

  
"Levantei o olhar quando a música começou a tocar, nada mais vi que o meu reflexo no espelho. Que tencionava eu fazer? Dançar? Sim. Dei um passo para o lado e mais um para a frente, senti as notas musicas a levantar meus pés. Senti a música guiar-me na mais linda sensação que é a dança.
Paro. Retorno de onde comecei, mas caio. Pergunto-me, para que danço eu afinal? Será para me mostrar aos outros? Será porque não tenho mais nada que fazer? Para que dançarei eu? Porque amo a música e amo a sensação que tenho quando me mexo ao som da mais bela música, ou da mais alegre.
Retomo a dança desde o inicio.
A música começa, estou de joelhos no chão e a cabeça baixa. Levanto-a. Dou uma volta no chão e levanto-me. Dou duas ou três piruetas, sinto a música ficar mais rápida e com ela os meus passos também, mas não me concentro no que faço e volto a cair.
As respostas às minhas dúvidas ainda não estão todas dadas. Sei que tenho medo, mas de quê? Afinal não é para isso que danço também? Não foi à dança que fui buscar um abrigo? Foi. A dança liberta-me de todos os meus medos, mas agora esta tornou-se o meu medo, sendo assim não me poderá libertar de si mesma.
Quero voltar a ter o mesmo brilho que tinha à algum tempo atrás, antes de me ter magoado e me ter afastado do meu abrigo, antes de me ter afastado do que me tera magoado. Mas já ninguém sabe quem sou. O meu brilho perdeu-se no esquecimento. Quero reencontrar o meu destino para que o meu brilho reapareça.
Neste mundo que sempre fora o meu agora poderei encontrar uma sensação de entristecimento, mas sei que me basta por um sorriso na cara e esta sensação desaparecerá.
Volto a levantar-me com mais confiança e retomo a dança. Sei que é este o caminho que tenho que seguir para recuperar o que já fora meu, sei que chegarei a um amanha meu que mais ninguém poderá prever.
Deste medo me irei libertar e o meu brilho irei alcançar!
Consegui! Acabei a dança, não cai. Não tenho medo. Estou pronta para voltar ao que fui em tempos.
As cortinas abriram, ouvi aplausos. O meu momento chegara, todo o brilho que perdera com o esquecimento de uma estrela magoada e afastada iria ser recuperado nesta noite.
A música começou, levantei o olhar, rodei, levantei-me. Comecei a dançar. Sinto-me como se tivesse ido para outra dimensão, e só regressei depois da música ter terminado.
Uma onda de aplausos atingiu o palco, agradeci. Fechei os olhos e uma sensação de alegria tomou conta de mim.
Agora sei a verdadeira sensação da dança.
Dançar é sentir-me viva. Dançar é libertar-me.
Agora estou viva!"
 
 
Espero que tenham gostado, em breve postarei mais textos meus :D
 
 
 
 
 
 
 
 
DarkSpirit

 

publicado por Sara Rute às 16:55
 O que é? |  O que é? | favorito

mais sobre mim
★ Ovinhos

Click Me!

Adopted from squiby Clica nos meus ovinhos para eles evoluirem :D
★ JW dá-te música ;)


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

★ Calendário




★ És fã de anime? Dá uma olhada a estes projectos:
MB Portugal Fórum MB Portugal Blog Japan Otaku Fansub Pinku World Fórum
★ Fala do que te apreteça :D
★ Mantém-te informado :D
blogs SAPO